PORTUGAL SERÁ� MELHOR

  • - se a casa de Aristides de Sousa Mendes fôr reconstruída para um projecto ligado com a sua vida
  • - se houver mais locais para pôr as mãos na massa
  • - se cada um de nós Ler +
  • - se cada um de nós respeitar os passeios como lugar de trânsito dos peões, sobretudo dos que têm menos mobilidade
  • - se for mandado para as urtigas o princí­pio, muito vulgarizado: Tudo pelos amigos, nada pelos inimigos. Aos outros aplica-se a lei. É mais simples e justo se a todos se aplicar a lei.

POR UM JORNALISMO MELHOR

Recentes

Ligações


  • Get Firefox!

sexta-feira, janeiro 09, 2009

SÓ TEXTOS


"Ao longo do ano de 2008 pedimos-lhe ajuda sob diversas formas. Desde donativos em dinheiro até resíduos para reutilização e reciclagem, passando pelo encaminhamento de uma parte dos seus impostos, diversas e criativas foram as iniciativas que a AMI teve de desenvolver para financiar a sua actividade humanitária médica, social e ambiental, em Portugal e no mundo.

Vimos, neste início de 2009, prestar-lhe a nossa homenagem por toda a ajuda que nos deu, e apresentar-lhe algum do trabalho que conseguimos desenvolver com a sua colaboração.

No âmbito da nossa actividade humanitária Internacional, mantivemos acções em muitos dos 67 países em que actuámos ao longo dos últimos 24 anos, em todos os 5 continentes, através de missões de emergência, desenvolvimento e de apoio a ONG locais. Destacamos a inauguração de uma escola e de um posto de saúde no Afeganistão, de um centro pediátrico em Chernobyl para filhos de deslocados do acidente nuclear, o apoio às populações vítimas do ciclone Nargis em Myanmar através de parceiros locais, depois de nos ter sido impedida a entrada no país, e a missão exploratória ao Zimbabué para apoio às vítimas da epidemia de cólera. Pelo trabalho desenvolvido nesta área, a AMI foi escolhida como Consultora Especial do Conselho Económico e Social das Nações Unidas."


Recebido da AMI