PORTUGAL SERÁ� MELHOR

  • - se a casa de Aristides de Sousa Mendes fôr reconstruída para um projecto ligado com a sua vida
  • - se houver mais locais para pôr as mãos na massa
  • - se cada um de nós Ler +
  • - se cada um de nós respeitar os passeios como lugar de trânsito dos peões, sobretudo dos que têm menos mobilidade
  • - se for mandado para as urtigas o princí­pio, muito vulgarizado: Tudo pelos amigos, nada pelos inimigos. Aos outros aplica-se a lei. É mais simples e justo se a todos se aplicar a lei.

POR UM JORNALISMO MELHOR

Recentes

Ligações


  • Get Firefox!

terça-feira, janeiro 20, 2009

ELES VÃO PEDIR MAIS E MELHORES ESTÁDIOS....

Mundial-2018 vai valorizar futebol português, defende Madail

Foi dado hoje o primeiro passo na sede da FPF para formalizar junto da FIFA a candidatura ibérica ao Mundial de 2018. Madail acredita que este projecto vai valorizar o país, mas o grande beneficiado será o futebol português.

O presidente da Federação portuguesa de Futebol, Gilberto Madail, e o seu homólogo Angel Villar oficializaram a candidatura conjunta à organização do Mundial de 2018. Madail explica agora os trâmites do processo:

«Vamos aguardar até Março que a FIFA nos envie as condições. Depois de as analisarmos, apresentamos aos respectivos governos o que precisamos. Verificados todos os pontos e elaboramos o dossier de candidatura, que será feito por um comité de organização único.»

E prossegue: «Este dossier será submetido à FIFA em Dezembro e, caso haja uma decisão favorável, iremos formar o comité final de organização do Campeonato do Mundo.»

Madail destaca a importância que este projecto tem tanto a nível desportivo como de promoção do país: «É uma forma de valorizarmos o futebol português, de valorizarmos o nosso pais e também de começarmos a estabelecer uma ligação muito maior entre o futebol português e o espanhol o que poderá no futuro originar outros intercâmbios, a nível de clubes».

O responsável máximo da FPF espera superar o sucesso do Euro-2004: «Esperamos que haja um impacto muito mais forte com esta organização, no futebol português, das nossas mentalidades e que o futebol venha a ganhar com isto.»


In A Bola On Line

E nós? Por mim vou pedir o impossível (será?): melhores e mais bibliotecas, melhores e mais universidades, melhor e mais justiça na distribuição dos rendimentos, melhor e mais atenção à memória de Aristides Sousa Mendes.