PORTUGAL SERÁ� MELHOR

  • - se a casa de Aristides de Sousa Mendes fôr reconstruída para um projecto ligado com a sua vida
  • - se houver mais locais para pôr as mãos na massa
  • - se cada um de nós Ler +
  • - se cada um de nós respeitar os passeios como lugar de trânsito dos peões, sobretudo dos que têm menos mobilidade
  • - se for mandado para as urtigas o princí­pio, muito vulgarizado: Tudo pelos amigos, nada pelos inimigos. Aos outros aplica-se a lei. É mais simples e justo se a todos se aplicar a lei.

POR UM JORNALISMO MELHOR

Recentes

Ligações


  • Get Firefox!

domingo, novembro 05, 2006

PROVEDORIAS

Manuel Pinto, no Jornalismo e Comunicação, assinala que Ian Meyes, o actual provedor da The Guardian vai abandonar as suas funções no jornal. Ian Meyes vai dedicar-se a escrever a história recente do jornal, o que não deixa de ser uma continuação interessante para um mandato terminado. Ian Meyes não é provedor vindo exterior do jornal: é jornalista do The Guardian. E, numa nota, Manuel Pinto pergunta de forma clara:
"A propósito - Que se passa com o Jornal de Notícias, que se mantém mudo e quedo quanto à nomeação do provedor do leitor, desde que o último titular da função terminou o seu mandato em final de Janeiro passado? Que terá feito o anterior provedor para que em nove meses a empresa não tenha conseguido (ou querido) dar à luz um novo nome?"

Agora já não é só o Público a estender os longos momentos de pausa cada vez que um provedor termina o seu mandato.