PORTUGAL SERÁ� MELHOR

  • - se a casa de Aristides de Sousa Mendes fôr reconstruída para um projecto ligado com a sua vida
  • - se houver mais locais para pôr as mãos na massa
  • - se cada um de nós Ler +
  • - se cada um de nós respeitar os passeios como lugar de trânsito dos peões, sobretudo dos que têm menos mobilidade
  • - se for mandado para as urtigas o princí­pio, muito vulgarizado: Tudo pelos amigos, nada pelos inimigos. Aos outros aplica-se a lei. É mais simples e justo se a todos se aplicar a lei.

POR UM JORNALISMO MELHOR

Recentes

Ligações


  • Get Firefox!

terça-feira, outubro 10, 2006

TELEVISÃO privada

Quarta-feira, 11, na RTP2

A SIC nasceu no dia 6 de Outubro de 1992. Catorze anos depois, que balanço se faz da televisão privada em Portugal? Esta é a pergunta central do próximo Clube de Jornalistas, a emitir quarta-feira, dia 11, depois das 23 e 30. A televisão em Portugal nunca mais foi a mesma depois do nascimento da SIC e hoje já ninguém imagina voltar a ter apenas dois canais. Mas estes 14 anos não estão isentos de críticas e de polémicas. O próprio serviço público mudou de rumo diversas vezes. Em estúdio estarão: Emídio Rangel, jornalista e primeiro director-geral da SIC; José Carlos Abrantes, professor universitário, especialista em análise de imagens; Miguel Gaspar, jornalista e crítico de televisão. A moderação é de João Paulo Meneses.

Do site do Clube dos Jornalistas

2 Comments:

Blogger totoia said...

Sinceramente e correndo o risco de me chamarem vários nomes, acho que no caso das nossas televisões a concorrência não melhorou em nada pelo contrário só piorou. No ínicio sim, a Sic em especial na informação, abanou os canais públicos, dps com o cabo os bons canais de informação passaram para sistema fechado e nos abertos só dá programas maus principalmente no horário em que o comun dos mortais pode ver. Destaco uma frase so seu post "...hoje uem dia ninguém imagina voltar a ter dois canais...", pois eu vivo, por concidência a antena da minha casa avariou e só passa o canal 1 e 2, não me sinto de maneira infoexluida pelo contrário. Não posso acabar sem dar os parabéns ao canal 1, que dps de uns anos "morto" volta a prestar um verdadeiro serviço público.

9:25 da manhã  
Blogger José Carlos Abrantes said...

Talvez não tenha ficado claro, mas era o texto de anuncio do programa tirado do site do Clube dos Jornalistas. Eu até acho que pode haver pessoas muito informadas sem terem televisão...

3:19 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home