PORTUGAL SERÁ� MELHOR

  • - se a casa de Aristides de Sousa Mendes fôr reconstruída para um projecto ligado com a sua vida
  • - se houver mais locais para pôr as mãos na massa
  • - se cada um de nós Ler +
  • - se cada um de nós respeitar os passeios como lugar de trânsito dos peões, sobretudo dos que têm menos mobilidade
  • - se for mandado para as urtigas o princí­pio, muito vulgarizado: Tudo pelos amigos, nada pelos inimigos. Aos outros aplica-se a lei. É mais simples e justo se a todos se aplicar a lei.

POR UM JORNALISMO MELHOR

Recentes

Ligações


  • Get Firefox!

sexta-feira, outubro 06, 2006

LIVROS

O Público de hoje refere a apresentação na Livraria Almedina Estádio, na 4a feira, em Coimbra.

"A Net, a TV e o provedor em colectânea de textos
Dedicado às relações da televisão e da Internet com os respectivos públicos, concedendo particular atenção à interacção destes meios de comunicação com os mais jovens, o livro Ecrãs em Mudança: Dos jovens na Internet ao provedor de televisão assinala com especial relevo a recente entrada em funções do provedor do espectador, recentemente nomeado (José Manuel Paquete de Oliveira) pela RTP. Apresentado em Coimbra por José Carlos Abrantes, o responsável pela organização da obra (Livros Horizonte/Centro de Investigação Media e Jornalismo, Lisboa, 2006), o livro reúne ensaios de autores canadianos, belgas e franceses e inclui um texto, muito crítico, sobre a "deseducação" operada pela televisão contemporânea, da autoria de Eduardo Marçal Grilo. José Carlos Abrantes, actual provedor do leitor do Diário de Notícias, rejeitou a ideia de que os ecrãs de TV e computador representem a morte da imprensa e da escrita em geral. O investigador disse acreditar na tese, há muito defendida por Umberto Eco, de que os ecrãs dos computadores vieram, pelo contrário, banalizar a escrita, através do e-mail, dos chats, dos blogues, da interactividade proporcionada em geral. Convidado para apresentar o autor e o livro, o director da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, Carlos Fiolhais, sustentou a tese de que, passada a turbulência da adaptação, a Internet tenderá a assumir o papel de "prolongamento dos media" tradicionais. A.V.
A Frase "Os leitores são sempre muito exaltados. Querem logo a cabeça do director ou mandar este ou aquele jornalista para a escola, para aprender... Mas perguntam pouco"
José Carlos Abrantes"


Se o provedor disse sempre deveria ter dito... frequentemente ou muitas vezes.