PORTUGAL SERÁ� MELHOR

  • - se a casa de Aristides de Sousa Mendes fôr reconstruída para um projecto ligado com a sua vida
  • - se houver mais locais para pôr as mãos na massa
  • - se cada um de nós Ler +
  • - se cada um de nós respeitar os passeios como lugar de trânsito dos peões, sobretudo dos que têm menos mobilidade
  • - se for mandado para as urtigas o princí­pio, muito vulgarizado: Tudo pelos amigos, nada pelos inimigos. Aos outros aplica-se a lei. É mais simples e justo se a todos se aplicar a lei.

POR UM JORNALISMO MELHOR

Recentes

Ligações


  • Get Firefox!

domingo, setembro 24, 2006

A TELEVISÃO E NÓS

No seu texto de hoje, no Público, Eduardo Cintra Torres queixa-se de diversidade de critérios a partir do modo como está a ser encarado, nomeadamente pela ERC, o recente caso da demissão de Carlos Daniel.
"No caso Daniel mantêm-se a compostura, como se pressões e sua aceitação fizessem parte de um jogo que temos de aceitar como normal. Eu não aceito. Ao contrário do que sucedeu com o meu artigo, que eu saiba a ERC não tomou a iniciativa de abrir um inquérito às notícias de pressões do poder desportivo sobre a RTP publicadas no PÚBLICO, O Jogo, A Bola, Correio da Manhã, etc. Mas devia. O caso é igualmente sério e não pode haver critérios opostos."