PORTUGAL SERÁ� MELHOR

  • - se a casa de Aristides de Sousa Mendes fôr reconstruída para um projecto ligado com a sua vida
  • - se houver mais locais para pôr as mãos na massa
  • - se cada um de nós Ler +
  • - se cada um de nós respeitar os passeios como lugar de trânsito dos peões, sobretudo dos que têm menos mobilidade
  • - se for mandado para as urtigas o princí­pio, muito vulgarizado: Tudo pelos amigos, nada pelos inimigos. Aos outros aplica-se a lei. É mais simples e justo se a todos se aplicar a lei.

POR UM JORNALISMO MELHOR

Recentes

Ligações


  • Get Firefox!

sexta-feira, setembro 08, 2006

O JORNALISMO E NÓS Lá fora

O washingtonpost.com relata uma violação de dados pessoais através de acesso não autorizado relacionada com jornalistas e a Hewlett-Packard. Investigadores privados a cargo daquela empresa teriam tido acesso a registos telefónicos de 9 jornalistas, de diferentes ógãos de informação, que cobriam as actividades da companhia. Os investigadores privados foram contratados para saber quem teria dado informações confidenciais aos media.

Hewlett-Packard Co. said yesterday that private investigators it hired to find out who leaked confidential corporate information to the media had accessed private phone records of nine journalists who covered the company, without obtaining their permission.

HP would not disclose the reporters' names or identify their publications. The Wall Street Journal said one of its reporters, Pui-Wing Tam, was alerted by the California attorney general's office that her records may have been disclosed to HP. The New York Times reported that its reporter John Markoff also was a target. Technology news service Cnet reported yesterday that a Cnet reporter, Dawn Kawamoto, was notified that her phone records had been accessed.