PORTUGAL SERÁ� MELHOR

  • - se a casa de Aristides de Sousa Mendes fôr reconstruída para um projecto ligado com a sua vida
  • - se houver mais locais para pôr as mãos na massa
  • - se cada um de nós Ler +
  • - se cada um de nós respeitar os passeios como lugar de trânsito dos peões, sobretudo dos que têm menos mobilidade
  • - se for mandado para as urtigas o princí­pio, muito vulgarizado: Tudo pelos amigos, nada pelos inimigos. Aos outros aplica-se a lei. É mais simples e justo se a todos se aplicar a lei.

POR UM JORNALISMO MELHOR

Recentes

Ligações


  • Get Firefox!

sexta-feira, setembro 22, 2006

AS IMAGENS E NÓS As palavras

O texto de hoje de Maria José Nogueira Pinto, no DN, é sobre a importância da palavra.
"O problema é a morte lenta da palavra. O problema não é áudio, vídeo ou digital.
É dentro das palavras que permanecem as coisas. No princípio era o verbo. A eternidade pode bem ser "um inaudível estrondo de palavras". Como a continuidade humana se manifesta no interminável rumor das palavras.
O que nos levou então a endeusar o provérbio oriental de que "uma imagem vale mil palavras"?"


É verdade que este provérbio pode ser visto como uma valorização da imagem em relação à palavra. Mas pode também ser entendido de forma mais benigna: ou seja, a imagem precisa das palavras para ganhar sentido.