PORTUGAL SERÁ� MELHOR

  • - se a casa de Aristides de Sousa Mendes fôr reconstruída para um projecto ligado com a sua vida
  • - se houver mais locais para pôr as mãos na massa
  • - se cada um de nós Ler +
  • - se cada um de nós respeitar os passeios como lugar de trânsito dos peões, sobretudo dos que têm menos mobilidade
  • - se for mandado para as urtigas o princí­pio, muito vulgarizado: Tudo pelos amigos, nada pelos inimigos. Aos outros aplica-se a lei. É mais simples e justo se a todos se aplicar a lei.

POR UM JORNALISMO MELHOR

Recentes

Ligações


  • Get Firefox!

segunda-feira, agosto 28, 2006

OS MEDIA E NÓS Provedorias no DN

A minha crónica de hoje no DN intitula-se Desconfiar das imagens

Uma imagem pode evocar, com mais ou menos propriedade, o real que a inspirou.

1 Comments:

Anonymous Tinê Soares said...

Coletei na web umas dez imagens desse episódio: três se tornaram minhas favoritas: a primeira, justo a ft do bebê c/ a chupeta azul: parecia estar dormindo no colo do paramédico > a img por si só não incomoda até se ler a legenda; a segunda ft "dói" à primeira vista: é a de um pai c/ a cabeça reclinada, chorando enquanto abraça o bebê embrulhado em pano branco, já pronto para ser enterrado (percebe-se a "força" do abraço); a terceira é a mais incômoda: duas crianças crescidas, em visível estado de rigidez, tal como estátuas em gestos diferentes, sendo transportadas num carrinho de mão [de obra]: não há sangue, apenas poeira, no entanto é o visual desagradável: crianças como "coisas": a legenda é dispensável.

8:42 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home